SEU FUTURO É HOJE

SEU FUTURO É HOJE
Abra os olhos a cada manhã e reconheça: O futuro chegou! Escreva sua página hoje!

sábado, 9 de agosto de 2014

UNIVERSO RHAROMASY - CONHEÇA O BARALHO ESPANHOL


AS ORIGENS
A sagrada arte de usar as cartas como oráculo criou o que chamamos de cartomancia. Desde o início dos tempos buscamos compreender o mundo que nos cerca e nossos antepassados utilizavam diversos meios para prever os eventos futuros e manter contato com o sagrado como ossos, pedras, nuvens e vários outros elementos da natureza.

As cartas sempre chamaram atenção devido à sua facilidade de transporte e por conter em si os elementos que os olhos dos iniciados ou escolhidos identificariam como depositário dos grandes segredos do universo. Cada detalhe revela um aspecto desta verdadeira linguagem sagrada, a cor que simboliza um naipe, as figuras geométricas e os números, que usadas em conjunto nos abrem este grande portal para o sagrado.

Hoje nos deparamos com inúmeros baralhos com formatos, cores e modelos diferentes, mas o primeiro baralho europeu a se destacar veio de um país que durante muito tempo reinou absoluto no planeta: a Espanha.

Destacando-se historicamente por sua posição na península ibérica, desde quando eram conhecidos no Império Romano por Hispania, passou com a queda de Roma a se dividir em vários e pequenos reinos, tendo a partir do século VIII a forte presença muçulmana em seu território.

Vindos da África, os muçulmanos ocuparam grande parte da península Ibérica e por séculos introduziram nesta parte da Europa seus valores e sua cultura. Neste contexto temos a introdução das cartas do baralho Malkut, o pai dos futuros baralhos europeus, incluindo o espanhol.

As cartas Mamlúk
Também conhecidas por cartas Mamelucas ou Sarracenas ou simplesmente Baralho Árabe, sua origem  remonta ao período de domínio no Egito e Síria dos Mamelucos ou Mamlúk e representa todo o esplendor e beleza desta região do norte da África que viria a se estender até a Europa, na Península Ibérica.

Adotando o padrão chinês, criaram 4 naipes. Cada naipe formado por 13 cartas, as numeradas de 1 a 10 e 3 representando as figuras do Rei( Malik), Vice-Rei(Nâib) e Segundo Vice-Rei(Nâib Thani).

Quando analisamos cada naipe podemos perceber o quanto este baralho influenciou de forma decisiva os baralhos europeus que surgiram séculos depois, acompanhe abaixo:








O Baralho Espanhol

Em substituição ao Baralho Árabe, surge na Espanha um novo baralho, mais adequado à realidade europeia. As cartas espanholas se espalharam pelo mundo e, ainda hoje podemos encontrá-las em vários países da América Latina.

Sua estrutura mantém os 4 naipes, cada um com 12 cartas, sendo as numeradas de 1 a 9 e as de número 10, 11 e 12 ligadas a figuras da corte.

As cartas - que inicialmente eram pintadas à mão- destacam as figuras em formato grande, decoradas e desenhadas num único sentido, ao contrário do Baralho Francês, elas ficam de "cabeça para baixo".

Os naipes foram nomeados por Espadas, Bastos, Copas e Oros. As cartas da corte mantiveram as 3 figuras masculinas como o Baralho Árabe: assim surgem o Rei, sempre desenhado com barba, o Cavaleiro, montado a cavalo e o Sota, uma espécie de escudeiro ou secretário do Cavaleiro.

Vale lembrar que estas cartas também sofreram grande influência do povo cigano que encontrou nas terras espanholas um local com maior tolerância e menos perseguição que no restante da Europa, influenciando fortemente sua cultura. Um dos maiores símbolos da cultura espanhola, o flamenco, tem profunda ligação com os ciganos.

A falta de figuras femininas entre as figuras da corte deixa claro que trata-se de um baralho onde predomina a energia masculina, sinalizando que seu caminho, a tônica de sua abordagem será pelo polo ativo.

Como são 12 cartas distribuídas em 4 naipes que totaliza 48, cuja soma nos retorna ao 12, seu enfoque será a busca da perfeição em nossa jornada evolutiva.

As 3 figuras da corte representam os naipes de Bastões(Paus), Ouros e Espadas e como podemos perceber a falta de uma figura do naipe de Copas nos sinaliza que o processo de mudança passa pela postura ativa e determinada em buscar o melhor de si, vencendo os bloqueios interiores de forma forte e decidida.

 Cada naipe guarda dentro de si uma mensagem específica:
  • ·         Espadas - demonstra que agilidade e destreza são fundamentais para vencer velhos padrões de pensamento.
  • ·         Ouros - nos mostra a importância da moeda e do círculo que ela representa, símbolo da perfeição que tanto buscamos em tudo que fazemos.
  • ·         Copas - com seus belíssimos cálices nos faz refletir que o amor deve ser trabalhado em toda sua beleza e, assim como o artista trabalha cada detalhe, precisamos também sublimar nossos sentimentos mais profundos.
  • ·         Bastões -  nos remete a Paus tem a forma de uma clava ou porrete, nos dando um elemento de ação pura, pois somente com a força corretamente aplicada um bastão terá utilidade. No nosso caso, o campo de ação será a intensidade como nos abrimos para a mudança, o quanto nos entregamos a ela.

Finalizando esta pequena análise, precisamos incluir a paixão e o amor que permeará cada naipe ou etapa, contribuição dos ciganos com sua visão global de um mundo sem fronteiras.

Para conhecer o Baralho Espanhol além da visão de simples cartas de jogo, é necessário se permitir entrar num universo apaixonado, que impulsiona a  coragem de realizar tudo que almejamos, sem medo ou receio; e, acima de tudo, descobrir que basta acreditar em si, nos seus sonhos, projetos, para que o sagrado se instale em seu coração.
Texto de Karahayara Gilberto Aureliano - Consultor Oracular, parceiro Rharomasy


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, questione, Seu contato é muito importante para nós.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...